Bem Vindo a Casa do Béradêro

Carrinho

Eu e os meus companheiros
Queremos cumplicidade
Pra brincar de liberdade
No terreiro da alegria
Folia de Príncipe –  Chico César

A música foi o ponto de partida para a fundação do  Instituto Cultural Casa do Béradêro, que a tem como principal meio para a inclusão social, cidadania e desenvolvimento humano de crianças, adolescentes e jovens de Catolé do Rocha.

Foi através desta arte que em 2001 o cantor e compositor Chico César uniu forças para estruturar e ampliar o trabalho que sua primeira professora de música, a Freira Franciscana Iracy Barboza de Almeida, já desenvolvia nas escolas da cidade.

A partir daí, mais de 700 alunos já foram iniciados e também formados musicalmente através do método Suzuki – onde as notas musicais e as partituras são aprendidas de uma forma lúdica  – e assim, a Casa do Béradêro vem se consolidando como uma das instituições não governamentais que mais difundem a música erudita no estado, promovendo resultados positivos que vão desde melhorias nos aspectos cognitivos e emocionais dos envolvidos, até o preparo destes para a sua atuação profissional.

Visando a multidisciplinaridade, os beneficiados pelos projetos têm a possibilidade de adquirir conhecimentos nos diversos estágios da cadeia produtiva da música:

  • Educação musical (aulas teóricas e práticas)
  • Construção e reforma de instrumentos
  • Ensaios e gravações em estúdio
  • Formação de grupos: trios, quartetos, quintetos e a Orquestra de Câmara Gente Que Encanta
  • Apresentações

Para tanto,  o Instituto conta com:

Estúdio de música profissional para ensaios e
atividades dos alunos;

Instrumentos musicais para todos os alunos;

Orquestra Gente Que Encanta, que realiza
apresentações periódicas em espaços públicos
e privados, especialmente nas escolas da
região, expandindo a música erudita e
reafirmando repertórios regionais através de
concertos didáticos.

O Instituto também promove ações sócioeducativas voltadas para a construção da cidadania e em consonância com o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, através de palestras, worskhops e em temas transversais cuidadosamente estudados por todas oficinas.
Também são implementadas ações que integram a instituição com a rede pública e particular de ensino como:

  • Projeto Música nas Escolas, em que a Orquestra visita as escolas públicas e particulares do município com apresentações e concertos didáticos, onde já foram contempladas 100% das escolas do município;
  • Oficina de Reciclagem de Papel nas Escolas, inserida no dia a dia das Escolas de Catolé do Rocha, em forma de palestras e de mini workshops. Nesta ação criançcas e adolescentes recebem orientações sobre consciência ecológica e aprendem a reciclar papel, transformando-o em produtos.

Camerata Gente Que Encanta

Os integrantes da Camerata Gente Que Encanta (fundada em 1995) são alunos que recebem formação constante através de cursos, workshops, ensaios, audições e que já se encontram em nível de conhecimento avançado no nosso curso de música.

Apresentando-se em espaços públicos e privados, especialmente nas escolas da região, a Camerata expande a música erudita e reafirma repertórios regionais através, também através de concertos didáticos.

A “Gente Que Encanta”  foi a primeira Camerata a participar da Quarta Pop, em 2002 – um programa do Itaú Cultural de São Paulo, em parceria com a Revista da MTV; Em 2004, participou  da comemoração dos 10 anos do Projeto Ponte nas Ondas, em Pontevedra, na Espanha. Foram 40 concertos, no período de 18 dias. Nesta oportunidade também apresentaram-se para a Rádio e Televisão Portuguesa (RTP) na cidade do Porto. Em 2006, a Orquestra ‘Gente que Encanta’ participou da TEIA de Pontos de Cultura – A Rede de Cultura do Brasil, no Pavilhão da Bienal de São Paulo, no Parque do Ibirapuera, que reuniu inúmeras manifestações culturais e micro-negócios de cooperativas ligadas å economia solidária. A TEIA, promovida pelo Ministério da Cultura na gestão do então ministro Gilberto Gil, reuniu mais de mil representantes da cultura popular brasileira, a pontos de cultura e empreendedores da economia solidária.

Desde então, a Gente Que Encanta tem sido convidada a se apresentar em diversas cidades na Paraíba e nos estados vizinhos.

Assista aos nossos vídeos!

Se você deseja contratar a Camerata Gente Que Encanta,  clique aqui